Cancelada cooperação com Maputo

Miguel Nogueira's picture

O Fundo Monetário Internacional (FMI) cancelou a cooperação com Moçambique na sequência da confirmação pelo país de ter recebido um empréstimo de mais de mil milhões de dólares que não tinha revelado à instituição.

Na sexta-feira, a directora do Departamento do FMI para África, Antoinette Sayeh, disse que esse financiamento altera a avaliação sobre as perspectivas económicas de Moçambique que foi feita pela instituição. Falando a jornalistas, em Washington, a representante disse que actualmente estão a ser averiguados os factos ligados ao empréstimo em cooperação com as autoridades moçambicanas.
Antoinette Sayeh disse que o FMI informou as autoridades de Moçambique que transacções  não reveladas e relacionadas com dívidas, independentemente do seu propósito, precisam de ser reportadas de uma forma transparente e pública. A instituição diz que essa divulgação é considerada essencial para garantir a plena responsabilização do Governo perante os seus cidadãos e o Parlamento, permitir uma avaliação precisa de dívidas confidenciais sobre as perspectivas macro-económicas e avaliar o impacto dessas operações sobre programas apoiados pelo FMI em Moçambique. Antoinette Sayeh anunciou que o Fundo Monetário Internacional cancelou uma missão que devia realizar na próxima semana em Maputo, até que o país revele detalhes do empréstimo e seja avaliada a situação.

 

Fonte: Jornal de Angola, 18/Abril/2016, http://jornaldeangola.sapo.ao/economia/banca/cancelada_cooperacao_com_ma...